segunda-feira, 29 de novembro de 2010

Luxação coxofemoral

A luxação coxofemoral é uma lesão que ocorre devido a um traumatismo forte (atropelamento, pancada, queda, luta, etc) que faz com que a cabeça do fémur se desloque para fora da articulação da anca (acetábulo). Pode ocorrer tanto em cães como em gatos de qualquer idade e normalmente é unilateral.

Os animais geralmente coxeiam da pata afectada, não pousam a pata no chão, sentem dor quando se tenta mexer a articulação e podem ter a pata mais comprida ou mais curta que a outra, dependendo do tipo de luxação.

O diagnóstico de luxação coxofemoral é feito com base na história de traumatismo, nos sintomas e através de radiografias da zona.

O animal deve ser tratado o mais rapidamente possível pois quanto mais tempo passar maior será a contracção muscular e a fibrose local que tornam mais difícil a resolução da luxação e reduzem as hipóteses de o animal recuperar totalmente. O tratamento pode ser feito com redução fechada da luxação (recolocação manual do fémur no acetábulo) nas primeiras 24 ou 48 horas após o traumatismo e se não houver mais nenhuma lesão ortopédica. Caso a luxação já seja mais antiga ou se a técnica de redução fechada não for eficaz é necessária uma cirurgia para recolocar o fémur.

Para evitar que o seu animal sofra este tipo de lesão não deve deixá-lo ir à rua sozinho ou sem trela.

Em caso de traumatismo deve consultar o médico veterinário o mais rapidamente possível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário